As bandeiras do Brasil: história e curiosidades

A bandeira do Brasil

O Brasil possui diversas bandeiras, como a nacional, as de unidades federativas e as governamentais. As bandeiras do Brasil são muito importantes para o país e cada uma possui sua própria história.

A bandeira do Brasil pode até parecer fácil de ser desenhada, mas para que fique perfeita há diversas regras que devem ser seguidas. As cores também devem ser utilizadas corretamente. É possível encontrar facilmente os valores das cores em hexadecimal, CMYK e RGB na internet. As proporções também devem ser corretas.

História da bandeira

Antes da bandeira atual, o Brasil já teve outras. Entre elas, o país já utilizou a Bandeira do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, a Bandeira do Reino do Brasil (putativa), a Bandeira do Reino do Brasil (utilizada de setembro a dezembro de 1822), a Bandeira do Império do Brasil utilizada no Primeiro Reinado (possuía 19 estrelas), a Bandeira do Império do Brasil utilizada no Segundo Reinado (possuía 20 estrelas), três bandeiras dos Estados Unidos do Brasil, sendo uma utilizada de 15 a 19 de novembro de 1889, uma de 1889 a 1960 e outra de 1960 a 1968, e a Bandeira da República Federativa do Brasil (1968-1992).

3 curiosidades sobre a bandeira do Brasil

A bandeira do Brasil tem algumas curiosidades que muita gente não sabe. Confira:

  1. O lema escrito na bandeira brasileira, o famoso “Ordem e Progresso”, foi baseado em outro lema feito por Augusto Comte, o criador do Positivismo. O lema completo era “O amor por princípio e a ordem por base; o progresso por fim”.
  2. Cada estrela contida na bandeira brasileira representa uma unidade federativa. Nela é possível ver constelações, porém elas estão invertidas;
  3. Pela lei é proibido utilizar a bandeira do Brasil em embalagens ou rótulos de produtos, assim como roupas. Entretanto é possível observar casos em que a lei é ignorada, muitas vezes por falta de conhecimento.

Bandeiras dos estados brasileiros e do distrito federal

O Brasil possui 27 unidades federativas, que inclui 26 estados e um distrito federal. Os estados brasileiros são os seguintes: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. Cada unidade federativa do Brasil possui sua própria bandeira e um motivo para ser como é.

A bandeira de São Paulo, que foi criada por Júlio Ribeiro, por exemplo, era uma proposta para ser a bandeira do Brasil. Ela simbolizava as três raças encontradas no país (branca, vermelha e preta). As faixas brancas e pretas da bandeira de São Paulo significam os dias e as noites que os bandeirantes lutaram pelo estado, enquanto o vermelho significa o sangue derramado.

O autor da bandeira do Rio de Janeiro foi Alberto Rosa Fioravanti. A bandeira utiliza as cores azul celeste e branco e possui o brasão do Rio de Janeiro no centro. Também conta com a seguinte frase em latim “Recte Rempublicam Gerere”.

A bandeira do Acre é um retângulo dividido na diagonal, sendo metade verde e metade amarelo. No lado esquerdo superior há uma estrela vermelha. A cor amarela representa a paz, enquanto a cor verde representa a esperança. A estrela vermelha representa o sangue de quem lutou para que o Acre fizesse parte do Brasil.

Bandeiras do Brasil

bandeiras do Brasil

As bandeiras do Brasil: história e curiosidades
5 (100%) 3 votes
Loading Facebook Comments ...

Deixe o seu comentário